Category Archives: Em 2006

O galego tem que ser difícil

“En la universidad las tesis deberían estar escritas en español o en un gallego susceptible de ser entendido, sin problemas, por un español-hablante”. Estas palavras foram proferidas por um jurado de uma tese de doutoramento redigida em “português” e vem … Continue reading

Posted in Em 2006, Língua Nacional | Comments Off on O galego tem que ser difícil

Obrig-

Ultimamente, espoletados pola reforma do estatuto, os média galegos estão a falar da nossa língua. Em LVG líamos em grandes letras “La Xunta avala que el nuevo Estatuto obligue a conocer la lengua gallega”. Manchetes similares aparecem noutros jornais e … Continue reading

Posted in Em 2006, Língua Nacional | Comments Off on Obrig-

É mudar de piscina

A maioria das pessoas que estão a ler este artigo, bem como o autor, foram sociabilizadas para resultar em cidadão espanhol. Sendo assim, a nossa saída do útero é para um útero maior, uma enorme piscina, onde desenvolver o nosso … Continue reading

Posted in Em 2006, Língua Nacional | Comments Off on É mudar de piscina

São as pessoas, porra!

A palavra Língua bem como Nação e ainda outras tenhem uma carga de abstracção que fai com que por vezes perdamos o sentido da realidade. E o que é a realidade? Um cidadão galego quer tirar a carta de condução … Continue reading

Posted in Em 2006, Língua Nacional | Comments Off on São as pessoas, porra!

Autodidatismo não chega

Nunca tanto galego-português se escreveu na Galiza como nos dias que correm, e, ao que parece, as expectativas são para melhor. Grande é o mérito destas pessoas que sendo alfabetizadas em castelhano se lançam a rasgar o guião que lhes … Continue reading

Posted in Em 2006, Língua Nacional | Comments Off on Autodidatismo não chega

JUST DO IT

(Fai-no) Quando uma sociedade tem um tecido associativo fraco, como acho é o caso da Galiza, é comum surgir a síndroma do Moisés. Esta doença traduze-se numa espera, não por um Messias, mas por políticas. Agora que no governo estão … Continue reading

Posted in Em 2006, Língua Nacional | Comments Off on JUST DO IT

Lusistas utópicos

A afortunada expressão, ao que sei, é de Vilhar Trilho. Nos inícios do nosso regeneracionismo, lá em finais do sec. XIX, Portugal e a sua Língua Nacional eram um referente de integração e de emulação, mas havia lugares por onde … Continue reading

Posted in Em 2006, Língua Nacional | Comments Off on Lusistas utópicos

A questão

O debate sobre a identidade da nossa língua tem suscitado numerosa bibliografia e debates intensos. Uma das questões centrais costuma vir denominada sob a epígrafe: “o galego é/não é, a mesma língua que o português”. E sintomático que este debate … Continue reading

Posted in Em 2006, Língua Nacional | Comments Off on A questão