Bonaval

Era uma entidade reintegracionista de âmbito local, em Compostela. Já a estudar na Faculdade lia com avidez o seu boletim, o Constantinopla, cujo nome é uma homenagem chocarreira a Constatino Garcia, professor asturiano e um dos alicerces da estratégia galego-castelhana para a nossa língua.

Quando já estava na sua fase final, aterrei ali, com o Pichel e o Paulo Lamas. As reuniões eram mesmo divertidas, com um módulo A, muito sério, conformado por João Aveledo – o Patriarca-, Eduardo Maragoto e as irmãs Maria e Vanessa Vila Verde, e também um módulo B, pouco sério, em que também figurava Eugénio Outeiro. Trabalhámos em várias Constantinoplas que acabaram por sair mercê à responsabilidade do módulo A.

41R048

This entry was posted in Associações. Bookmark the permalink.